Uma das ferramentas que geram tráfego de qualidade, desde que seja utilizada de maneira correta, é o e-mail marketing.

Em outra postagem que compartilhamos, como divulgar meu site? #sem segredos, nós comentamos sobre algumas vantagens e desvantagens de utilizar e-mails para chamar a atenção de sua lista de leads para determinada oferta ou conteúdo que queira apresentar em seu site.

Dentro das poucas desvantagens que o email marketing apresenta, comentamos que se não utilizado corretamente, o seu e-mail pode ser considerado spam e você pode perder a utilidade de uma ferramenta tão poderosa.

Infelizmente muitas pessoas abusam no momento de enviar o email marketing, resolvendo fazer tudo de qualquer jeito, sem nenhuma estratégia, apenas criam um e-mail e disparam para qualquer lista (em algumas situações listas compradas) e esperam receber grandes retornos com isso.

O que acontece na maioria das vezes é que esse retorno dos clientes não acontece e a pessoa ansiosa decide enviar novamente o mesmo e-mail para a mesma lista de pessoas.

A dúvida que surge para muitos de nossos clientes quando estamos criando uma estratégia para desenvolvimento de e-mail marketing, é qual a frequência correta para o envio de email marketing.

Diante disso vamos apresentar a seguir algumas dicas que são essenciais para que você não se torne um spam e para que seus e-mail alcancem o melhor retorno de seus clientes.

Tenha uma meta, crie uma estratégia

Crie estratégias para definir o melhor caminho a seguir

Sei que parece clichê, mas por pensar assim na maioria das vezes ninguém faz, e é a estratégia que te apontará para o caminho certo a seguir.

Sem uma estratégia, mandar e-mails só por mandar, sem ter uma lista de leads estruturada, você estará sempre enviando seus e-mails como quem joga qualquer coisa no ventilador… acerta alguns, passa de raspão por outros e no final quase ninguém viu ou se interessou.

Tudo que envolve marketing digital, como qualquer outra coisa na nossa vida, exige estratégia e planejamento. Você tem uma lista de e-mails estruturada? Você tem uma ideia do porque está enviando esse e-mail além de querer apenas vender? Qual seria o público correto para esse email que você deseja enviar? O horário está adequado? Seu público tem tempo de sobra para conferir seus conteúdos?

Nada disso é besteira e podemos dizer que é o primeiro passo para que os resultados apareçam, por isso a importância.

Digamos que você esteja enviando um e-mail que fala sobre a promoção de um tênis de corrida para um cliente que efetuou a compra de um sapato social em sua loja online, isso faz algum sentido?

Lógico que todo mundo tem gostos variados e que o rapaz que comprou o tênis pode sim ter interesse na compra de um sapato social, mas enviar um e-mail com promoções de tênis para corrida pode ser mais certeiro.

Por isso a necessidade de planejar, de separar suas listas por categoria e nunca comprar listas, ok? Afinal quem será essa pessoa presente na sua lista?

Um planejamento lhe propõe saber mais sobre a sua campanha e lhe dará a opção de pensar sobre quais seriam os melhores dias e horários para isso, afinal você está se baseando em uma pessoa que realmente existe e não em um contato qualquer.

Estudar as pessoas que receberão seus e-mails também o levará a saber mais ou menos (e você vai entender mais a frente por que digo mais ou menos) como essa pessoa assimila todos os seus conteúdos, se ela tem tempo de conferir tudo ou se seria melhor uma quantidade menos de envios.

Por isso, sente-se com sua equipe e pense na melhor estratégia.

Faça testes sempre, sempre, sempre

Teste sempre todas as estratégias que desicidir

Acima disse que criar estratégia levarão você a saber “mais ou menos” como seu público assimila seus conteúdos, certo?

Disse isso porque ao certo, exatamente certo, você só saberá depois de muitos testes, e por isso recomendo você a fazer muitos deles para saber se sua estratégia está caminhando para o rumo certo ou não.

Teste os horários, teste os grupos de pessoas, teste a quantidade de envio de email marketing. Somente testando você irá identificar qual a melhor maneira de trabalhar.

Vamos supor que uma parte de seu público é feita de jovens e que estão sempre online e procuram por conteúdos de qualidade o tempo todo e você oferece esses conteúdos. Testando os envios de email, você poderá entender de esse público recebe bem os seus conteúdos e acompanham.

Muitas vezes você irá perceber que certa parte de seu público consegue acompanhar bem grande quantidade de e-mail, e outra parte nem tanto. Por isso teste bem e estabeleça o que é melhor para cada fatia de seu público, respeitando o espaço deles e como eles recebem seu conteúdo.

Acompanhe as métricas

Acompanhe as métricas

Legal, depois dos testes você e sua equipe identificaram que seus clientes parecem gostar e conseguem acompanhar bem de dois a quatro emails por mês, e por isso você tenha estabelecido essa como sua estratégia.

Não pare por ai, analise seus resultados, acompanhe as métricas e avalie tudo que foi enviado.

Não há necessidade de fazer isso toda semana, talvez uma vez por mês, dependendo da sua variação de testes. Mas avalie e acompanhe tudo o que você tem estabelecido para saber se os resultados estão mesmo sendo os melhores possíveis.

Note se houve melhora ou piora, se houve mais visitas em seu site, se aumentaram as vendas decorrentes de visitas vindas do email marketing, analise a quantidade de inscritos em suas listas, analise tudo referente ao que tem feito parte de sua estratégia.

Somente assim chegará a resposta certa.

Defina a melhor frequência

Encontre dentro de seus resultados a melhore estratégia

Sei que um ou outro estava lendo esse artigo com a crença de que encontraria a resposta correta de qual frequência de envio de email marketing é melhor para sua empresa, e confesso, essa resposta pronta você não vai encontrar aqui, mas se você encontrar em algum lugar suspeite, pois ninguém sabe mais sobre sua empresa e seus clientes do que você e sua equipe.

Por isso não existe a melhor frequência de envio de emails, após fazer tudo isso que recomendei você a fazer, essa resposta você encontrará sozinho, passando por cada uma dessas etapas: criando uma estratégia, fazendo testes e acompanhando as métricas.

Será assim que você definirá qual a melhor frequência para o envio de seus emails.

E vou te contar um segredo… Mesmo que você encontre alguém que diga a você qual é a frequência correta de envio de email marketing, sem estudar sua empresa, seus clientes e seu produto, desconfie, pois essa resposta não é pronta, é preciso estudar, criar estratégias, afinal cada empresa é diferente da outra, mesmo quando o ramo é o mesmo.

Então depois que seguir cada uma dessas etapas e entender qual a melhor frequência, defina-a como sua melhor opção e não esqueça de estar sempre estudando e conferindo os resultados para se manter sempre no melhor caminho.

Se precisar de ajuda, entre em contato, nós podemos ajudá-lo a criar estratégias específicas para que a sua empresa alcance o resultado desejado, sem receitas de bolo nem regrinha de três.

Compartilhe sua opinião conosco